Desvios Ósseos Angulares e Rotacionais

As deformidades ósseas podem ser congênitas, por má união de uma fratura ou podem ser oriundas de traumatismos em animais que estejam em fase de crescimento, sendo esta a causa mais frequente. Neste caso, quanto mais jovem for o animal no momento do trauma, mais grave será a deformidade. O radio e a ulna são os ossos mais afetados, devido à parada do crescimento da ulna com a continuação do crescimento do rádio. O rádio e ulna passam então a se desenvolver de forma ângulo-rotacionada levando a deformidade óssea, a incongruência da articulação do cotovelo e ao encurtamento do membro.
O fixador externo de Ilizarov amplamente utilizado um humanos, também está disponível em nossa rotina. Esta técnica permite a correção progressiva da deformidade, através da chamada osteogênese por distração, onde o osso será alongado cerca de 1 mm por dia, possibilitados por ajustes no fixador. Temos em nossa rotina dezenas de animais antes incapacitados que foram beneficiados por esta técnica, apresentando o retorno da função do membro antes deformado.

Desenvolvimento da Deformidade

Desvios Ósseos Angulares e Rotacionais

Pós Operatório

Dúvidas